-->


07 julho 2017

RESENHA ARRUINADOS



Autor: Luz M. Agom
Gênero: New Adult
Ano: 2017
Plataforma: Amazon

SINOPSE

"Pode o amor ser capaz de unir dois corações arruinados?"
Essa não é uma história de amor qualquer.
É a história de dois destinos e corações arruinados, sendo surpreendidos pelo amor quando pensavam que suas vidas nunca poderiam experimentar tal sentimento.
Amanda é uma adulta de 28 anos decidida e forte, que após muitas decepções vai morar com seu irmão mais velho e bem sucedido tendo a chance de recomeçar sua vida. Com o coração quebrado pela traição do ex-marido, ela se vê na estaca zero e cria uma lista de metas a alcançar. 
Quando o destino a faz conhecer Tony, um rico e rústico empresário sensível e amigo de seu irmão de uma maneira pouco convencional. Os dois se aproximam inevitavelmente, mas Tony também tem o coração quebrado marcado pela dor de seu pai, sendo impedido de experimentar o amor.

Os dois irão juntos, descobrir o quão inesperado, envolvente e avassalador pode ser esse sentimento.



Atenção! Essa resenha contém uma história de amor que vai te surpreender, e é indicada para os apaixonados de plantão.
Divas e Divos! Preciso começar essa resenha dizendo que ao ler o título do livro eu me peguei imaginando que seria mais um romance clichê erótico entre um rapaz rico e uma moça pobre. Devo aqui já confessar que sim, acertei a parte do romance e erótico, porém passei longe do clichê.
Arruinados é o primeiro livro da série Avassaladores, e vem contar a história de Amanda e Antônio. Como apresentação da história, o leitor conhece Amanda, uma jovem, mãe de Clara, casada com Henri que abdicou os estudos e um trabalho em prol desse relacionamento, e está repaginando sua vida. Após descobrir as traições do marido, ela se muda para casa de Pedro, seu irmão e estabelece algumas metas para sua nova vida:
  1. Conseguir um emprego no setor administrativo de uma empresa.
  2. Voltar para a faculdade e concluir o curso de Administração.
  3. Comprar uma casa para morar com Clara.
  4. Começar uma poupança pessoal para o futuro de Clara.
  5. Nunca, absolutamente nunca mais casar.

Parece que a sorte finalmente está ao lado de Amanda. Ela consegue um emprego na empresa de Antônio e faz uma prova para voltar à faculdade. O único detalhe que ela precisa acertar é o divórcio com o mala do Henri.

Falando em Henri, eu confesso que até tentei gostar dele viu!? Afinal, após a traição ele me pareceu bem arrependido... Achei muito bacana a forma como a autora descreveu toda a parte da história relacionada a ele, mas não vou contar detalhes: você precisa ler o livro e conferir por si só! (risada malévola).
Antônio é o amigo de Pedro que agora é chefe de Amanda. Ele me pareceu muito sério no início da história, mas vou confidenciar que a partir do momento que você o conhece, é impossível não se apaixonar por ele.
Ele me conquistou viu?! Até o coloquei na categoria de ‘crush’ literário! 

“- Eu juro que naquele momento quase perdi a direção do volante. O sorriso dela tem superpoderes, eu tinha certeza disso.”

Tem como não amar?!
Então você já pode imaginar o que vai acontecer né?! Aos poucos, Amanda conquista Antônio. Dia após dia, Antônio conquista Amanda. Eles são pura combustão. Mas acredito que o fator que me fez gostar mais ainda desse casal, foi a amizade que eles tem um com o outro. Não é um casal bobinho que briga e se entende na cama sabe?! E isso elevou o nível da leitura muito!
Eles são amigos, amantes e parceiros. E ao longo do livro, eles deixam muito claro seus sentimentos.

“- Porque eu sinto que estou me apaixonando por você – admitiu – Eu tenho quase certeza e agora mais do que nunca sinto medo.”

E Amanda sabe que finalmente encontrou um cara digno de sua confiança.

“- Mas hoje, Antônio, aqui com você, eu tenho certeza de que você me preenche por completo e posso dizer com todas as letras nos quatro idiomas que eu falo... EU TE AMO.”

Mas se você acha que acaba por aí, senta que lá vem história.
O pai de Antônio faz uma proposta de trabalho tentadora para Amanda, e ela se vê em dúvida sobre aceitar e conquistar suas metas ou recusar e ter Antônio por perto.
O destino vai se encarregar de escolher por ela, e Antônio provará que ao contrário do que sempre acreditou, ele sabe amar sim. 
Em relação à narrativa, confesso que fiquei algumas vezes confusa, pois a história se inicia em terceira pessoa e alguns trechos são narrados por Amanda e outras por Antônio. Eu particularmente não achei que a narrativa sob a ótica dos personagens fez muita diferença para entender o contexto, uma vez que a autora escreve muito bem as partes em terceira pessoa.
No livro também há um bônus de Pedro, já preparando o leitor para o segundo livro da série – Desencontros.
Também gostei bastante da forma detalhada em que a autora contou algumas partes, porém sem aquela enrolação e sem deixar a leitura monótona. 
Enfim, acho que o livro me surpreendeu de muitas formas boas e quero muito ler o segundo livro da série!



























Por Lori Linhares

Um comentário:

  1. Amei a resenha! Obrigada pelo carinho e por ter amado meu livro. Espero que continue acompanhando a série. Beijos amorosos!

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar...