RESENHA DESTINO OU DECISÃO - PAULA MESQUITA


Livro: Destino ou Decisão
Autor (a): Paula Mesquita
Ano: 2016
Gênero: Romance
Plataforma: Amazon



Sinopse 

Ester precisava de força e coragem para mudar seu destino.

Depois de uma infância feliz ela resolveu ser rebelde na adolescência o que hoje se arrepende amargamente.
Nunca escutou os pais...
Não entrou numa faculdade, não se profissionalizou...
Uma vida regada de festas e amores, esses pelos quais somente tem lembranças dolorosas.

Somente os frutos desses relacionamentos, são suas alegrias.
Dois filhos maravilhosos...
E quando achou que poderia ter um relacionamento virtual para preencher sua vida...
Cair, chorar, levantar e tentar seguir...
Essa estava sendo a vida de Ester...Estava cansada de lutar...
A solidão não era uma boa companheira...
E quando tudo parecia não ter mais sentido, onde sua esperança se evaporava...
Até sua fé estava diluindo... E ela pensava que se perdesse a fé mais nada teria sentido... Não haveria mais solução...
Sarmed empresário árabe de sucesso em terras brasileiras. Possuía tudo para ser um homem realizado. Mas uma traição o tornou duro e insensível com uma visão distorcida do mundo de uma forma geral como se todos fossem culpados pelo seu sofrimento interno.
Destinos traçados...
Coincidência ou caminhos cruzados...
A vida vem ensinar que perdoar e amar são sentimentos para sempre serem cultivados. Somente através do amor que a vida pode ser renovada.
E cada pessoa é única, experiências passadas não podem interferir na vida presente.
Afinal o Destino já está traçado... Agora a Decisão é sua!



Trouxe mais uma resenha fresquinha para vocês.... Espero que gostem!

O livro conta uma história de amor bem diferente das que estamos acostumados a ler (eu pelo menos não li livros assim, esse foi o primeiro), pois Ester já é uma mulher mais velha e tem dois filhos Samuel e Isis.

Ester sofre de uma doença que foi intitulada como “O mal do século” a depressão. Pois é... Além de ter depressão ela sofreu várias desilusões amorosas o que contribuiu para deixá-la com a auto estima baixa. O que a fez ficar desleixada e sem preocupação com sua aparência pessoal, e se fechar para os homens.

Morando com seu filho mais velho, ela se vê em meio a mais uma crise da doença, mas teimosa acha que não tem nada, pois para ela essa é uma doença de gente fresca, rica e que não tem Deus em suas vidas.

Sarmed como o nome já diz é árabe, ele se casou como manda os costumes de seu país. Ele aprendeu com o tempo a amar sua esposa e os três filhos que tiveram.

A pedido de sua esposa vieram ele, ela e seus três filhos para o Brasil. Mas o que ele não sabia era que ela tinha um amante no país e que assim que pode fugiu com ele.

Sarmed então se tornou um homem frio e jurou nunca mais se envolver com mulher alguma.

Deu para perceberem né? Ester e Sarmed muito machucados se fecharam para o amor.

Mas isso até se conhecerem e descobrirem juntos como amar novamente. Mas não antes de passarem por várias provações e não antes de Ester aceitar a doença e trata-la como se deve.

O interessante no livro é que a autora a cada capítulo nos deixa uma frase de reflexão, que nos faz entender um pouco a cabeça da personagem, mas também ver o quão complexo é esta doença, em que muitos veem como “coisa de gente fresca”. 

Ester, no decorrer do livro floresce, se aceita e o mais importante encontra Deus e com ele se reencontra, se aceita e se ama. 

Então gente, se você está procurando um romance com uma pitada de auto ajuda esse livro é perfeito, a autora soube como falar de um assunto sério, mas deixando o livro leve e gostoso de ler. 





Beijos da Larih

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigado por comentar...

Topo