-->


26 maio 2017



Título: Rua de pedra em Sépia
Autor: Fabiano Jucá
Gênero: Ficção
Ano: 2017
Editora ou Plataforma: Amazon


Sinopse: Não é exatamente uma história de amor. É a história de quatro jovens que vivem na Curitiba dos anos 80/90. Taco e Dingo fazem uma amizade insólita. Taco conhece o lado sombrio da vida. Criado sem os pais, vive uma vida sem regras, e acaba caindo nas drogas. Dingo, seu amigo, é cria da classe média, mas não se entende com o pai, que o considera um inútil. Joanita e Samia são jovens prostitutas. Amigas, porém, muito diferentes entre si. Joanita é mais intensa. Samia, racional.


Olá divas e divos, cheguei com mais uma resenha. 

E falar para vocês que foi um livro totalmente diferente de todos os livros que já li. Completamente fora do clichê que temos hoje em dia.

Primeiro que o nosso autor não conta a história de um casal, como estamos acostumados, ele conta a história de quatro amigos. Amigos completamente diferentes um do outro e o modo de viver de cada um idem.

O livro acontece na década de 80/90, e conta a vida de cada um desde pequeno ate a idade adulta. 

Começar a falar do Taco. Taco (este não é o nome dele de batismo, mas vou deixar para vocês descobrirem o seu nome no livro por que sou dessas - malévola!!!) é órfão e conheceu a vida sombria. Desde novo era um menino largado que não gostava das regras impostas e sempre as burlava. Mas ele também era bem alegre o que o fazia ter muitos amigos. 

Dingo é o mais novo de três filhos, e o mais problemático. Seu pai não gostava dele e sua mãe o superprotegia, o que causava raiva nos outros dois irmãos. Ele vivia razoavelmente bem pois seu pai tinha uma fábrica. O que o colocava na classe média alta. 

Taco e Dingo se conheceram na escola e de início eles não se batiam. Agora imaginem o por quê? Se falaram que era porque Taco o “encrenquinha” ficava perturbando o Dingo, acertaram!

Mas com o tempo eles acabaram se acertando e virando amigos. 

Joanita, igual a taco não conheceu os pais, e foi criada pela vó, uma bela garota que muito nova acabou indo para a vida de prostituição. E nessa vida ela conheceu a Samia. Sua amiga e amante. (O livro é cheio de babados e eu adoro haha.) 

Samia depois de ser abusada pelo padrasto por um tempo conseguiu ser “salva” pela tia e por ela foi criada. Para ajudar a tia com as contas ela trabalhava na padaria e fazia hora extra nas noites. Samia ao contrário de Jonita não gostava de fazer programas, mas fazer o que mais para sobreviver?

Então amores, falei um pouco dos quatro amigos e agora vou deixar minha opinião sobre o livro.

Larih você gostou do livro? 

Vou confessar para vocês que quando peguei para ler e vi que era em terceira pessoa fiquei meio assim sabe, pois não gosto muito. Mas logo passou e me vi presa na história desses quatro amigos que por acaso do destino se encontraram. 

Outra coisa que gostei bastante foi o livro não ser o esperado. Nós esperamos sempre o clichê, sempre um casal feliz para sempre, e esse livro trata o coletivo, fala da vida deles da vida real e não o conto de fadas. Isso me encantou. Como o Fabiano Juca descreveu e saiu do obvio. 

Só teve uma coisa que não gostei: o fato de repetir umas fases da vida deles em outros capítulos, mas nada que atrapalhe a leitura. 

Então indico de mais esse livro para você que está cansado de livros óbvios. 

Com esse você não sabe o que acontece até a última linha....e minha nossaaaaa...devo confessar (mas que o autor não nos ouça) que me deu uma vontade de matá-lo em alguns momentos....srrsrsr.

Então corram lá e se deliciem com mais essa resenha que trouxemos pra vocês.

Beijos da Larih.

7 comentários:

  1. Sem palavras para descrever o quão agradável foi ler essa resenha, que eu sequer sabia que estava sendo escrita eheheh. Adorei muito, agradeço de coração! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito feliz que tenha gostado. As surpresas são as melhores haha

      Excluir
  2. Adorei a resenha. O livro do Fabiano é ótimo mesmo. Como você falou, foge do óbvio, do cliché. Muito bem escrito.
    Desejo todo o sucesso para ele e para o blog. Parabéns pelo post

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Eu amei a resenha. Ainda não li o livro, porque tô enrolando o Jucá um pouquinho, mas a cada vez que vejo essas resenhas ou elogios, me dá mais vontade de ler. Parabéns meninas do divã! Trabalho incrível o de vocês. Ótima resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada. Leia sim voce nao vai se arrepender.

      Excluir

Obrigado por comentar...