-->


10 maio 2017

RESENHA ENFEITIÇADAS - JESSICA SPOTSWOOD



Titulo: Enfeitiçadas
As crônicas das irmãs bruxas - Livro I
Autor (a): Jessica Spotswood
Gênero: Fantasia e Romance
Livro Físico


Sinopse:
Antes do alvorecer do século XX, um trio de irmãs chegará à idade adulta, todas bruxas. Uma delas terá o dom da magia mental e será a bruxa mais poderosa a nascer em muitos séculos: ela terá poder suficiente para mudar o rumo da história, para suscitar o ressurgimento do poder das bruxas ou um segundo Terror.

Quando Cate descobre esta profecia no diário de sua mãe, morta há poucos anos, entende que precisa repensar seus planos. Qual sera a melhor opção: servir a Irmandade, longe dos olhos vigilantes dos Irmãos caçadores de bruxas, aceitar uma proposta de casamento que lhe garanta proteção e segurança ou abandonar tudo e viver um grande amor proibido?

Prepare-se para se encantar com os jovens pretendentes de Cate, abominar o ódio e a repulsa que os Irmãos dedicam a meninas e mulheres, e aguardar ansiosamente pela sequência de As Crônicas das Irmãs Bruxas.


Olá Divas e Divos, hoje vim com a resenha de um livro maravilhoso. Tá, sei que sou suspeita pois amo livros de bruxas. Mas essa trilogia e uma das melhores que já li. Serio!

A resenha de hoje é do primeiro livro da trilogia e ele fala um pouco obre a personalidade de cada irmã, mas o foco do livro é sobre Cate.
Cate Cahill e a mais velha de três irmãs, depois vem Maria e Tess. Ela jurou para sua mãe em seu leito de morte proteger suas irmãs e manter em segredo que são bruxas, já que onde moram é proibido bruxarias.

“ Percebo sua intenção um segundo antes de ela agir.
-Tess! – solto um berro estridente.
É tarde de mais. Ela aperta os olhos cinzentos e, no momento seguinte, é verão. "



Cate tenta a todo custo esconder da fraternidade, que é uma instituição de irmãos. (Homens idiotas que comandam a cidade em que moram.) Mas essa tarefa fica um pouco mais difícil pois a Sra. Corbett consegue convencer o pai de Cate a contratar uma governanta.

Cate então se desdobra para colocar na cabeça de suas irmãs que magia não é correto e que não devem pratica-la em casa, mas quem disse que elas a escutam? Pois pra Maura a magia e um dom e algo em que elas devem sempre praticar e aprimorarem sempre, e Tess também compartilha desse pensamento.

A governanta chega e as brigas de Cate com Maura só pioram. Uma não concorda com a outra é a governanta fica fazendo a cabeça de Maura.

Como não bastasse ter essa responsabilidade de cuidar das irmãs nas costas. Cate também tem que preocupar com sua cerimônia de intenção (quando ela terá que aceitar um noivo). Mas para ela isso é um problema que pode esperar já que Paul seu amigo, e por quem tinha uma paixonite volta para a cidade. Ou se irá para a irmandade que é onde ficam as mulheres que são o braço direito dos irmãos. Ela pretende escolher a primeira opção. Se casar com Paul.

Mas como nada do que planejamos da certo... Cate conhece Finn e seu coração acaba ficando balançado.

“ Tento ajeitar o cabelo em gestos frenéticos, desejando que não tivesse jogado todos os grampos no chão. Devo estar com uma aparência pavorosa. Ele sempre está bonito, mesmo coberto de serragem do fazemos, com aquele cabelo todo desgrenhado e os óculos tortos. ”


Eles ficam amigos e sempre se vêm o que acaba chamando atenção dos irmãos para Cate. Agora me perguntem o porquê?
Por que Finn e filho da bibliotecária da cidade e isso é um problema. Mas vocês irão saber o porquê é um problema só se lerem o livro.

Voltando...

A governanta consegue fazer a cabeça de Maura, e Maura decide que quer ir para a irmandade. Cate não pode deixar sua irmã se separar afinal ela prometeu a sua mãe que iria cuidar dela e de Tess. Então ela resolve fazer algo que não queria, mas é o único jeito...

E agora! O que será que Cate faz?
Ela se casa com Paul? Ou fica com Finn?
Ou pior: Ela aceita ir para a irmandade?

Ficou curioso? Eu imagino que sim... Mas essas respostas você consegue descobrir rapidinho. Corra e leia o livro garanto que irá amar.


Beijos da Larih

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar...