-->


17 fevereiro 2017

RESENHA - O AR QUE ELE RESPIRA - BRITTAINY C. CHERRY


 Livro: O ar que ele Respira
Autor: Brittainy C. Cherry
Estilo: Romance
Ano: 2016
Plataforma: Amazon


SINOPSE: Elizabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. Porém, ao retornar à pequena Meadows Creek, ela se depara com um novo vizinho, Tristan Cole. Grosseiro, solitário, o olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Mas Elizabeth logo descobre que, por trás daquele ser intratável, há um homem devastado pela morte das pessoas que mais amava. Elizabeth procura se aproximar dele, mas Tristan tenta de todas as formas impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado parece não haver espaço para um novo começo. Ou talvez sim.

Olá Divas e Divos!!!! Hoje nossa resenha é sobre um livro que está entre os queridinhos da Amazon. 

Esperamos que vocês gostem!!!!!

Quem já leu os livros de Brittainy C. Cherry sabe que sua principal característica é tocar na alma de quem está lendo....Obviamente este não seria diferente. 

A grande pergunta que nos fazemos é, será que dois corações estraçalhados podem se recuperar e seguir em diante?

“Nenhuma alma gêmea deixa esse mundo sozinha. Ela sempre leva consigo um pedaço de sua outra metade”.

A trama gira em torno de Elizabeth e Tristan, os capítulos vão se intercalando e contando ao leitor um pouco da história de vida de cada um. A história é narrada em primeira pessoa e o leitor consegue facilmente detectar o vazio que cada um dos personagens sente após suas tragédias pessoais

Logo no inicio temos um Tristan apaixonado e feliz  vivendo com sua esposa e seu filho até que um acidente faz com que ele perca seus bens mais preciosos e fique completamente destruído.

“Quando eu voltar, vou construir a biblioteca dos seus sonhos, com aquelas escadas altas e tudo mais. E depois vou fazer amor com você entre a Odisseia e O Sol é para Todos.”

Elisabeth ve sua vida virar de pernas pro ar por causa da morte de seu marido Steven em um acidente horrível, deixando pra ela criar a filha deles, Emma, sozinha. Traumatizada com tudo, ela se muda por uns tempos para a casa da mãe, que por sua vez lida com os próprios problemas de perder o marido. Depois de algum tempo de luto, decidida a recomeçar de novo, Elizabeth decide voltar para sua cidade. 

É então que conhece seu novo vizinho, o mal-humorado, extremamente grosso,problemático e maravilhosamente lindo, Tristan. O grande desafio de nossa heroína é voltar para a cidade pequena e não ser motivo de fofocas já que todos esperam que ela seja a mesma pessoa de antes da morte de seu marido, o que obviamente não acontece já que um trauma desses muda consideravelmente a vida de quem o sofre.

Obviamente que não começam com o pé direito, mas o tempo vai mostrando aos dois que suas dores são muito parecidas e faz com que eles se aproximem mais e mais a cada dia.

“Nós dois estávamos em mundos separados, feitos de nossas pequenas recordações, e, ainda assim, conseguíamos sentir a dor um do outro. A solidão reconheceria a solidão”.

Há também partes engraçadas na história, afinal Elizabeth tem uma amiga doida que não tem papas na língua e todas as vezes que elas estão em cena é risada na certa. A sacada principal do livro sem duvida é mostrar que o amor é capaz de superar qualquer trauma mais intenso que a vida nos presenteia. Nosso casal vai passar por muitas coisas mais aos poucos verão um no outro exatamente o pedaço que faltava de sua existência.

“As pessoas falam muito e se atrevem a dar conselhos sobre como superar o luto.Elas dizem que você não deve namorar por anos, que deve esperar o tempo passar, mas a verdade é que não existe tempo para o amor. A única coisa que importa para o amor é a batida do seu coração. Se você ama, não deixe isso te atrapalhar. Apenas se permita sentir novamente.”

A proposta da autora é fazer uma serie destacando os quatro elementos Ar, Terra, Fogo e Água, porém cada um dos livros serão independentes então o leitor pode ler sequencialmente ou não.

Apesar de não ser algo inovador o livro é bem gostoso de ler e faz com que o leitor reflita sobre vários pontos importantes da vida.

No final, não são nas cartas de tarô, nos cristais, ou nos chás especiais que reside a magia. A magia está nos pequenos momentos. Nos pequenos gestos, nos sorrisos gentis e nas risadas silenciosas. A magia é viver todos os dias e se permitir respirar e ser feliz. Meu querido magia é amar!

Mais uma gostosa indicação de nosso Divã da Leitura, espero que vocês gostem!!!!

Por Dany Sousa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar...