-->


10 fevereiro 2016

RESENHA COMO EU ERA ANTES DE VOCÊ - JOJO MOYES

Livro: Como eu era antes de você
Autor: JoJo Moyes
Gênero: Romance/Drama
Ano: 2012
Editora: Intrinseca


Sinopse 

Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro. Como eu era antes de você é uma história de amor e uma história de família, mas acima de tudo é uma história sobre a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado. 


Oi minha queridas...tudo bem???? 

Nossa resenha de hoje é sobre a linda história de Will Traynor e Louisa Clark. 

Desde o lançamento de “ A culpa é das estrelas” que eu não vejo tanto burburinho sobre um lançamento como nesta semana quando saiu finalmente o trailer do filme “ Como eu era antes de você.” 
Sendo muito sincera, eu estava morrendo de medo de ler....sou uma pessoa extremamente emotiva que definitivamente adora “finais felizes”, mas a curiosidade bateu forte e lá fui euzinha ver o que esse livro tem de tão especial!!!!! 

“Como eu era antes de você” conta a história de Louisa, uma garota de 26 anos que se acomodou, trabalha como garçonete, ganha pouco, mora com seus pais e namora o mesmo cara a anos mesmo sem sentir aquele amor que faz com que tenha borboletas no estomago. Somente quando é obrigada a sair de sua zona de conforto e procurar um emprego, pois o café onde trabalhava fechou é que se da conta que infelizmente não possui qualificações para exercer nenhuma outra atividade além de interagir com as pessoas. 

Depois de muitas tentativas frustradas, sua ultima alternativa, pois precisa ajudar financeiramente a família, é aceitar o trabalho como cuidadora de um tetraplégico por “apenas seis meses”. Ao chegar no local onde vai trabalhar se depara com o mau humorado Will, que antes do acidente era um advogado super conceituado que adorava viver perigosamente, tinha uma namorada capa de revista e tudo que queria da vida, mas que se tornou uma pessoa muito amarga com pensamentos suicidas. 

As primeiras tentativas de aproximação são um fiasco pois Will não aceita tão facilmente a presença dela, até que depois de muita insistência por parte da mãe de Will e pela necessidade do dinheiro ela resolve trata-lo da mesma forma que é tratada o que faz com que a aproximação de ambos aconteça de forma natural fazendo com que aos poucos eles se tornem amigos. 

A forma com que a autora descreve os personagens é tão real que você se prende a leitura e quer saber o que vai acontecer. É incrível como podemos facilmente ver o cenário e inclusive imaginar pessoas que conhecemos protagonizando as cenas. 

Aos poucos nosso casal passa a fazer atividades juntos fazendo com que pouco a pouco Will vá se abrindo sem conseguir entender como uma garota tão jovem com a vida pela frente se contenta em trabalhar num simples café. 

Quando Will recebe a visita da ex namorada que o olha com pena e vem contar sobre seu recente noivado, meus olhos já não consegue mais ler de tantas lagrimas que descem pelos meus olhos, incrível como parece que eu estava sentindo tudo que ele estava passando neste momento. Ai...ai meu pobre coração.... 

A convivência faz com que ambos aprendam dia a dia. Nossa mocinha começa a ver o mundo com outros olhos, aprende que as pessoas podem sim ser generosas mesmo estando em uma situação terrível e depois que descobre a tentativa de suicídio e o acordo que Will tem com os pais de que vai morrer depois de 6 meses faz com que ele viva intensamente cada dia até o fim deste prazo que é exatamente o fim do contrato de trabalho dela, enquanto nosso lindo mocinho mostra a ela sua capacidade de fazer coisas novas e experimentar tudo que a vida tem a oferecer fazendo-a sair de sua zona de conforto. 

Como eu era antes de você é uma lição de vida, nos mostra como somos egoístas no dia a dia e como podemos aproveitar cada minuto como se fosse o ultimo. É uma linda história de amor, não daqueles tipos de clichês que vemos por aí, em que os mocinhos se apaixonam à primeira vista e salvam e transformam suas vidas, com um lindo final feliz. Não!! O livro é o retrato fiel da vida, com todos os seus percalços e sofrimentos. A relação de Will e Lou é construída dia após dia e vai se transformando do descaso à profunda admiração e orgulho. Eles eram completos estranhos, mas adversidade da vida acabou aproximando-os e mudando por completo a trajetória de ambos. 

Não tenho palavras para descrever qual meu sentimento ao terminar a leitura....sabe aquelas coisas que somente você passando pode entender? É exatamente isso. 

Por Danny Souza 


Trailer do filme...


4 comentários:

  1. Linda resenha, parabéns! Ainda não estou preparada psicológicamente pra ler esse livro. Rsrsrsr

    ResponderExcluir
  2. Uau, fiquei com vontade de ler esse livro, parabéns pela resenha...
    http://momentochaveirinho.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  3. Lindo sem comentários não estou preparada psicologicamente pra ele

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar...