-->


28 fevereiro 2016

RESENHA O PRÍNCIPE DOS CANALHAS - LORETTA CHASE


Título: O príncipe do canalhas 
Autora: Loretta Chase 
Gênero: Romance de época 
Ano: 2015
Editora: Arqueiro 

Sinopse

Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja qualquer tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhado pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, livre dos olhares traiçoeiros da conservadora sociedade parisiense. Até que um dia ele conhece Jessica Trent... 
Acostumado à repulsa das pessoas, Dain fica confuso ao deparar com aquela mulher tão independente e segura de si. Recém-chegada a Paris, sua única intenção é resgatar o irmão Bertie da má influência do arrogante lorde Belzebu. 
Liberal para sua época, Jessica não se deixa abater por escândalos e pelos tabus impostos pela sociedade – muito menos pela ameaça do diabo em pessoa. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que esse encontro seria capaz de despertar em Dain sentimentos há muito esquecidos. Tampouco que a inteligência e a virilidade dele pudessem desviar Jessica de seu caminho. 
Agora, com ambas as reputações na boca dos fofoqueiros e nas mãos dos apostadores, os dois começam um jogo de gato e rato recheado de intrigas, equívocos, armadilhas, paixões e desejos ardentes. 


Sebastian Leslie Guy de At Ballister, Conde Dain ou Lorde Belzebu é conhecido por seu título de canalha, e não faz nenhuma questão de esconder. Ele cresceu com um trauma de infância onde seu pai o via como um monstrinho devido sua aparência um tanto peculiar para não se dizer feio, e sua mãe fugiu com o filho de um rico comerciante, então Sebastian cresceu sem nunca ter recebido uma demonstração de amor. 

Jessica Trent, uma jovem de aparência encantadora com seus sedosos cabelos negros era um tanto excêntrica: herdou de seu pai o raciocínio e a coragem, e ainda tinha a melhor pontaria da família. Além disso, tinha um talento para encontrar tesouros em leilões e antiquários e vendê-los com um lucro considerável. E por esse dom, pretendia abrir sua própria loja, ao invés de encontrar um marido com os bolsos gordos e se transformar numa égua repodutora – palavras da própria Jess. 

Porém, nem tudo é como se planeja, uma vez que Bertie o irmão cabeça de vento de Jess tem uma amizade com Sebastian, e ela está disposta a livrar o irmão das influências negativas do Lorde. Então assim que ela chega à Paris, Sebastian e Jess se encontram pela primeira vez. E para surpresa de Lorde Belzebu, Jess não se espantou com sua aparência, o que o deixou intrigado. 

Ele era Belzebu em pessoa, não era? Ela devia ter desmaiado ou recuado horrorizada, pelo menos. Mas ela o olhara com uma altivez sólida como o bronze, e pareceu, por um momento, que aquela criatura na verdade estava flertando com ele. 

A partir desse encontro, Jess e Dain agem como cão e gato, em diálogos regados a humor e ironia. Ela deixa Dain confuso por demonstrar interesse nele, e por conseguir enxergar por trás de sua máscara de canalha turrão, alguém que quer ser ansiosamente amado! 

Quem não fica atrás de criar cenas engraçadas no livro é Genevieve, avó de Bertie e Jess, uma senhora irreverente e que arranca do leitor risadas quando aparece. 

A leitura é muito agradável, e os personagens se apresentam com personalidades fortes e cativantes, o que deixa a história encantadora. Com esse livro, o leitor terá uma historia em que ele poderá de apaixonar, torcer, rir e suspirar pelo casal. É simplesmente cativante! 

Por Loriana Linhares

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar...